domingo, 25 de janeiro de 2009

1986 - PASSANDO PARA O CARMEL

1986 foi uma ano muito especial, pois logo no começo do ano acabei sendo convidado (passando) para a Lehakat Carmel, cujo o coreógrafo era o Josef Benhaim, ele havia assumido a lehakat desde que Guiora partira para Israel.
Não é preciso dizer a alegria, a honra, enfim a quantidade de sentimentos misturados dentro de mim por ter entrado no Carmel.
Ao mesmo tempo Tania me colocou juntamente com Diego Man, que também havia passado para o Carmel para sermos assistentes dela no Hakotzrim, ou seja, duas coisas boas aconteciam ao mesmo tempo.
Foi um ano intenso, pois tivemos a felicidade de trabalhar com Horacio Hasper que viera da Argentina para montar uma série de coreografias dentre as quais: Shirei Roim Ve Ohavim e Katzir com Hakotzrim, Marroquino com Carmel, Lakotzrim Eidad e Cacadores com Shalom e Rikud Saba Ve Savta com Chevrat Neurim, foram dias intensos pois imagine que uma pessoa estava ensinando todas as coreografias para diversos grupos.
A convivencia com Horacio foi maravilhosa pois ele era uma pessoa irreverente, engracadissima e acima de tudo um artista era incrivel ve-lo dancando, dirigindo e com um senso de humor a toda prova.
Neste ano nos apresentamos em Santos com as tres lehakot e Horacio foi conosco, lembro que ele dancou conosco Hora Emek.
Mas voltando minha estréia na Lehakat Carmel foi em Belo Horizonte onde viajamos com Shalom e Hakotzrim. Estava muito nervoso e ia estrear apresentando uma coreografia tecnicamente difícil "Eretz" de autoria de Guiora e Ana Livia Cordeiro. Uma das dançarinas que me ajudou bastante a me acalmar tinha sido a Iris Kantor que foi uma das grandes dançarinas que o Carmel teve, ela possuia um magnetismo no olhar que era praticamente impossível não ve-la dancando, ela tinha uma energia que hoje em dia poucos dançarinos tem e dentre as pessoas com quem convivi poderia citar uma meia dúzia com esse mesmo brilho e carisma.
Enfim foi um ano intenso no Hakotzrim fizemos uma coreografia para a lehakat chamada "Hora Hakotzrim" com Korim Lanu Lalechet, Iesh Prachim e Hora Neurim. Até que para nossa primeira coreografia em conjunto com Tania a coreografia ficou muito boa, para aquela época.
Lembro da minha emoção ao lado do palco assistindo a estréia no Festival Carmel, acho que com o passar dos anos a gente vai ficando mais exigente e menos sensível ao que cada coreografia representa.
Mas enfim foi um ano intenso só não consigo lembrar se neste ano se eu já tinha ido a Pousada do Rio Quente na Semana da Israel, mas acho que sobre a Pousada vale um tópico inteiro em breve, pois foram várias que viajei para lá e confesso que apesar das últimas vezes não suportar mais agora lembrando de alguns momentos sinto uma imensa saudades.
Agora preciso olhar em minhas coisas para ver ao certo quando foi que o Duda veio no ensaio do Carmel para montar Nofei Haaretz e Pesacadores, pois não sei ao certo se foi em 86 ou 87.

Um comentário: